Vilas Magazine
Lauro de Freitas
+26°C

Máx +29°

Mín +25°

Dom, 02.02.2014

Decoração natalina na última hora

Amanda Gomes / Folhapress - Em 02/12/2015

Pode parecer estranho, mas há quem acabe deixando para amanhã e não consegue fazer a decoração natalina, seja por motivos pessoais ou de trabalho. Quando se dá conta, o tempo ficou curto demais. E ficou curto até para ir em uma loja comprar alguns itens decorativos e enfrentar filas e mais filas. Segundo a arquiteta e decoradora paulista Érica Salguero, há uma forma de resolver o problema usando a criatividade.

Uma alternativa é aproveitar os materiais disponíveis em casa, dando a eles um novo uso. É uma boa solução para reciclar e ainda ajudar o meio ambiente. “Coisas feitas em casa trazem personalidade e contam histórias. Você pode usar folhas, fitas, gravetos, velas, papelão, balas, chocolate e flores para criar uma guirlanda, por exemplo”, explica.

Não deu tempo de comprar a tradicional Árvore de Natal, envolva aquela bela planta que já enfeita a sua sala durante todo o ano com delicadas luzes. Outra proposta, mais moderna e divertida, segundo Érica, é desenhar uma árvore com o pisca-pisca na parede ou usar uma escada com apoio duplo e decorá-la com plantas, laços, fitas, luzes e velas.

“Para divertir a criançada, que tal confeccionar pequenas árvores de natal feitas de revistas e pintadas à mão? Ficam um charme no aparador”, sugere. Usar outros técnicas, como círculos de bolinhas coloridas coladas na parede, é outra alternativa. Para quem tem muitos livros, uma proposta é empilhá-los no formato de uma árvore natalina e depois dar o toque especial com as luzes pisca-pisca, sempre tomando cuidado de revisar o cordão para saber se não há risco de um curto, afinal as luzes estarão sobre um material altamente inflamável. Veja outras dicas. 

  • Envolva a planta que enfeita a sala com pisca-pisca, ou use as luzes para desenhar uma árvore na parede
     
  • Velas conferem um clima de aconchego ao ambiente. Perfumadas ou não, elas podem ser colocadas em mesas de centro, laterais ou qualquer outro cantinho da casa para dar um charme. Velas de sete dias ganham vida se envolvidas com canela em pau e um belo laço ou ainda, com flores da época
     
  • Janelas ganham um importante papel na decoração. Você pode desenhar flocos de neve usando cola quente, criar com canetas de escrever em vidro, pendurar pinhas com uma fitinha colorida ou até mesmo, fazer um bandô com folhagens
     
  • Flores, pinhas e velas são ótimas para arranjos de mesa. Se você pretende sair um pouco dos clássicos verde e vermelho, opte pelo branco, prata e dourado, que imprimem elegância à mesa
     
  • Outra boa ideia é fazer uma decoração com uma bomboniere cheia de doces ou frutas secas e também transformar garrafas de vinho em lindos vasos
  • Para finalizar a decoração, as cadeiras também podem ser enfeitadas com laços de fitas que sobraram de outros Natais 

Peru e lasanha de vegetais são boas opções para ceia de Natal
Carnes magras e sem pele, salada e suco garantem um jantar rico em vitaminas sem perder o sabor

Fugir dos alimentos gordurosos na ceia de Natal não é uma tarefa fácil, mas, com força de vontade, é possível. O segredo de uma ceia com alimentos saborosos, ricos em vitaminas e saudáveis é o equilíbrio e a moderação na hora de cozinhar e de comer. “É a época do ano em que as pessoas aproveitam para comer o que for possível, mas não é bem assim. É importante manter o equilíbrio no prato, trocar alimentos que são mais ricos e vão deixar a ceia saborosa”, explica a nutricionista Mirian Martinez.

Para uma ceia saudável, a escolha da carne também é importante. O ideal é optar por carnes magras, como peru, lombo e bacalhau. A carne do peru ajuda na redução do colesterol. Porém, a pele é gordurosa – o indicado é retirá-la e comer preferencialmente a parte do peito.

Já em relação ao chester, uma das tradições das festas natalinas, é preciso ter cuidado por causa dos hormônios. “O indicado é comer somente quando a embalagem mostra que o produto foi tratado de maneira orgânica”, afirma a especialista.

Fuja das frituras e abuse das saladas. Os legumes e a lasanha de vegetais podem ser uma boa e saborosa combinação. O arroz branco pode ser substituído pelo integral, por ser mais rico em fibras. É possível acrescentar sementes, como castanhas, nozes e frutas secas.

Para a sobremesa, frutas, como pêssego, ameixas e figo. E prefira os sucos aos refrigerantes e bebidas alcoólicas. O equilíbrio no prato também vale quando a refeição for feita fora de casa. Para isso, escolha salada, legumes, somente um carboidrato (arroz ou massa) e lembre-se de também tirar a pele da carne de peru. “ O ideal é ter uma alimentação leve durante o dia e comer a cada três horas para não ter muita fome no momento da ceia”, diz Mirian. 

Publicidade
Vilas Magazine© 2013. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Webd2 - Desenvolvimento Web