Vilas Magazine
Lauro de Freitas
+26°C

Máx +29°

Mín +25°

Dom, 02.02.2014

Moradores do Marisol cobram infraestrutura prometida pela prefeitura de Salvador

Redação Vilas Magazine - Em 02/12/2015

Os moradores do loteamento Marisol, depois de anos reivindicando infraestrutura urbana à prefeitura de Lauro de Freitas, agora perderam a paciência com a prefeitura de Salvador, que administra a área desde o fim de 2014. Em novembro, uma manifestação de rua movimentou a comunidade para reivindicar o cumprimento das promessas feitas quando Salvador assumiu a administração da área.

Moradores do Marisol cobram infraestrutura prometida pela prefeitura de Salvador

Moradores do Marisol cobram infraestrutura prometida pela prefeitura de Salvador
Moradores do Marisol caminham em protesto, chamando atenção para os problemas do bairro.
 

Apesar de pertencer à capital há cerca de 50 anos, quem recolhia IPTU e relegava o bairro ao abandono era o município de Lauro de Freitas. Agora quem cobra impostos é Salvador, mas o abandono continua. Só mudou o valor do IPTU: de acordo com os moradores, houve casos com até 4.000% de aumento.


Placa da prefeitura de Salvador foi usada para denunciar o descumprimento das promessa

Várias reuniões aconteceram com representantes do município vizinho, “mas nada de concreto aconteceu”, verifica Marcos Cardim, morador da área. Uma das lideranças do movimento que reivindica melhorias básicas para o Marisol, Cardim lembra que a única conquista, até agora, foi a extensão do percurso dos ônibus até o Centro Panamericano de Judô.

As ruas, sem pavimentação, continuam à espera de obras de macrodrenagem e do asfalto. A cada inverno o drama dos alagamentos se repete no Marisol, inclusive com residências invadidas pela água. A comunidade reivindica ainda sistema de esgotamento sanitário, melhoria na iluminação e segurança pública.

No panfleto distribuído durante as manifestações de novembro, a comunidade acusa a prefeitura de Salvador de “anunciar com estardalhaço, por meio de placas espalhadas pelo loteamento” o início imediato de todos os serviços sem ter cumprido qualquer promessa. “Conti nuamos na lama, buracos, poeira”, afirmam. 

Publicidade
Vilas Magazine© 2013. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Webd2 - Desenvolvimento Web