Vilas Magazine
Lauro de Freitas
+26°C

Máx +29°

Mín +25°

Dom, 02.02.2014

Corra pro Abraço em Itinga já tem entidade executora

Redação Vilas Magazine - Em 02/06/2016

A Comunidade Cidadania e Vida (Comvida), criada em 2005, vai receber R$ 1,7 milhão do governo da Bahia para executar em Itinga o programa Corra pro Abraço, de inclusão social e combate às drogas. A mesma Oscip (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) receberá outros R$ 6,5 milhões para manter duas equipes do programa no Centro Antigo de Salvador, outra no Núcleo de Prisão em Flagrante do Tribunal de Justiça e uma última que fará a coordenação geral do programa em todo o estado.
 
A escolha da OSCIP deu-se por meio de edital público. Outras entidades estão sendo selecionadas para atuar em quatro regiões de Salvador e outras cidades do interior. Ao todo o governo previa investir R$ 13 milhões, provenientes do Fundo de Combate à Pobreza do estado, por meio da Secretaria de Justiça Social.
 
Dirigido a usuários de drogas, numa abordagem de inclusão social, o programa já acontecia em duas cenas de uso de drogas em Salvador – a Praça das Mãos, no Comércio, e a estação do Aquidabã. Ali, uma equipe multidisciplinar com psicólogos, assistentes sociais, arte-educadores, advogados e outros profissionais ganha aproximação com a população que está nas ruas e procura construir vínculos. Depois do atendimento inicial, conforme a demanda, a equipe encaminha essas pessoas à rede de atenção básica e demais serviços da rede de assistência social.
 
Equipe do Corra pro Abraço em ação: inclusão social e combate às drogas
 
O Núcleo de Prisão em Flagrantes é uma das novidades do programa. A equipe irá atuar em parceria com o Tribunal de Justiça, auxiliando os juízes na tomada de decisão para discutir formas de encaminhamento dos casos. “Esse trabalho conjunto deverá contribuir para a redução do número de encarceramento de pessoas que fazem uso de drogas, caracterizadas mais como usuárias, do que com ligação com o narcotráfico”, explica a superintendente de Políticas sobre Drogas e Acolhimento a Grupos Vulneráveis da Secretaria de Justiça, Denise Tourinho.
 
Livro
Em maio, a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social apresentou o livro Corra pro Abraço: o encontro para o cuidado na rua, em parceria com o Centro de Referência Integral de Adolescentes (CRIA). A superintendente de Políticas sobre Drogas Denise Tourinho explica que o livro é um esforço da equipe para sistematizar metodologicamente o que vem sendo realizado, “no intuito de compartilhar com o público tantas experiências ricas e inspiradoras acumuladas, ao longo de três de Corra pro Abraço”.
 
A publicação inclui os aprendizados, conceitos e metodologia do programa. A tiragem foi custeada integralmente pelo Governo do Estado, que pretende distribuir gratuitamente os livros em bibliotecas e universidades, além de instituições vinculadas ao Sistema Único de Saúde (SUS), à rede de atenção psicossocial e afins.
 
Para a diretora de Gestão e Monitoramento da Superintendência de Políticas sobre Drogas, Emanuelle Silva (foto à esq.), o livro é uma forma de trocar conhecimentos e tornar públicas as experiências exitosas do programa. “Queremos compartilhar os nossos aprendizados com gestores públicos, com a comunidade acadêmica e principalmente com os usuários”, diz. De acordo com a diretora, “eles são quem mais têm a nos ensinar em como lidar com a situação de rua”. O programa entende “que é a rua que dá o ‘tom’ desse projeto, tudo deve ser muito dialogado e não pensado de cima para baixo, é uma ação que se reinventa o tempo inteiro”.
 
Ancorado no conceito da redução de danos, o Corra pro Abraço foi criado em 2013, como projeto-piloto, pelo governo do estado, em parceria com a entidade executora Centro de Referência Integral de Adolescentes (CRIA). Implantado por meio da Superintendência de Políticas Sobre Drogas e Acolhimento a Grupos Vulneráveis, o trabalho obteve o reconhecimento de especialistas por promover o resgate da autoestima e dignidade e, em última instância, a reabilitação e reinserção social de usuários de drogas em situação de rua. O Corra pro Abraço foi idealizado a partir das diretrizes do Plano Viver sem Drogas, do Programa Pacto pela Vida (PPV) e atualmente atende 500 pessoas.
 
Publicidade
Vilas Magazine© 2013. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Webd2 - Desenvolvimento Web