Vilas Magazine
Lauro de Freitas
+26°C

Máx +29°

Mín +25°

Dom, 02.02.2014

Espaço abandonado do Terminal Turístico será Centro de Cultura

Redação Vilas Magazine - Em 06/07/2016

A área anexa ao Terminal Turístico Mãe Mirinha de Portão, hoje abandonada, deve ser transformada num Centro de Referência de Cultura Popular, por meio de parceria da prefeitura de Lauro de Freitas com a iniciativa privada.
 
De acordo com o secretário municipal de Cultura André Siqueira, responsável pela área e que assumiu a pasta em abril último, o prefeito Márcio Paiva (PP) já deu sinal verde para a iniciativa. Siqueira diz que já tem dez empresários interessados em tocar o projeto por concessão do município.
 
A ideia básica é remover o que hoje são ruínas na área do terminal turístico junto ao rio Joanes e ali construir um palco fixo, com camarotes, para apresentações culturais. “O Bankoma, que hoje faz ensaios no Pelourinho, poderia fazer lá”, projeta André Siqueira.
 
Quiosques para alimentação seriam construídos pela iniciativa privada para bancar a recuperação do espaço. “Nada luxuoso”, diz ele, “mas bem funcional”.
 
Outra estrutura prevista para aquela área é a Casa da Capoeira. Siqueira, que é mestre de capoeira angola, quer estimular a prática do esporte entre as crianças e adolescentes da cidade, em especial as de Portão.
 
Uma feira de artesanato permanente é outra das propostas do secretário para o espaço que, de acordo com ele, será limpo em breve para apresentação aos possíveis investidores. A intenção é cercar o espaço o mais brevemente possível.
 
Devido ao abandono, as ruínas vêm sendo desmontadas por populares que retiram telhas, madeiramento dos telhados e tudo o que pode ser carregado. Como as estruturas se destinam a demolição não tem havido grande preocupação por parte da prefeitura.
 
O projeto de concessão do espaço à iniciativa privada só não andou ainda, de acordo com Siqueira, por conta de análises relacionadas ao ano eleitoral, quando a prefeitura tem limitações legais para o que pode ou não fazer. O secretário tinha reunião marcada com a Procuradoria do município para avaliar o que fazer.
 
Siqueira, entretanto, tem um “plano B”. A Casa da Capoeira poderá ser instalada onde hoje funciona o Museu ..., que agora vai ser montado no espaço onde já funcionou o Banco de Serviços, no Centro.
 
A Casa do Povo de Santo, outro projeto da secretaria de Cultura, vai ocupar o prédio do terminal turístico onde atualmente funciona a secretaria. Os departamentos da Cultura mudam para o prédio novo anexo ao terminal rodoviário de Portão, ao lado do terminal turístico.
 
O secretário de Cultura André Siqueira diante das ruínas do terminal turístico: planos para a recuperação podem ser adiados pelo ano eleitoral.

 

Publicidade
Vilas Magazine© 2013. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Webd2 - Desenvolvimento Web