Vilas Magazine
Lauro de Freitas
+26°C

Máx +29°

Mín +25°

Dom, 02.02.2014

Abertura das comportas no Joanes pode reduzir problemas ambientais

Redação - Em 07/03/2017

A conclusão do esgotamento sanitário de Camaçari – porque, ao contrário de Lauro de Freitas, o município vizinho tem sistema de esgotamento sanitário – vai reduzir drasticamente, ao longo dos próximos anos, o volume de água que chega à represa Joanes 1. 
 
A informação foi dada por Júlio Mota, superintendente de assuntos regulatórios da Embasa, em setembro do ano passado, durante reunião com membros da Oscip Rio Limpo. De acordo com ele, a questão já preocupava a engenharia da empresa, que buscava uma alternativa para minimizar esse efeito.
 
O vereador Antônio Rosalvo aponta as comportas abertas da barragem Joanes 1: reabertura reivindicada
 
A redução do volume de água a montante da barragem vai agravar ainda mais o fluxo de água a jusante, já quase inexistente. O engenheiro químico Márcio Costa, coordenador geral da Sociedade de Amigos do Loteamento de Vilas do Atlântico, afirma que “há meses não se verte água para a praia de Buraquinho, segundo informações de funcionários da Embasa que operam a barragem”. De acordo com ele, “a tendência é não verter mais água – só vai verter se houver uma enchente rio acima”.
 
Na prática, o Joanes morre na barragem Joanes 1, sem chegar a Buraquinho. A água que chega à praia pela calha do Joanes é, na verdade, apenas a água poluída do rio Ipitanga, um dos seus afluentes. Como as comportas da barragem estão seladas, só verte água quando chove em excesso, transbordando o reservatório – inclusive causando alagamentos nessas ocasiões.
 
O risco de alagamentos – e o modo de evitá-los, abrindo preventivamente as comportas da barragem – é uma das bandeiras do vereador Antônio Rosalvo (REDE) há anos. De acordo com ele, devolver o fluxo de água ao Joanes “não é só uma questão ambiental, mas de defesa civil”. As gestões do vereador junto à Embasa para conseguir a abertura das comportas, de acordo com ele, resultaram infrutíferas até agora.
 
A barragem Joanes 1, no Jambeiro: a montante, belo lago, ... mas a jusante apenas um riacho até encontrar as águas poluídas do Ipitanga
 
Para Caio Marques, da Rio Limpo, o retorno do fluxo de água deve ser prioridade por questões ambientais. Mas Júlio Mota lembra que a prioridade é o abastecimento de água à população. Dar vazão ao reservatório é possível, mas seria uma decisão delicada porque poderia colocar em risco o abastecimento.
 
Há ainda a questão legal. De acordo com Costa, que participou de uma reunião da APA (Área de Proteção Ambiental) Joanes-Ipitanga em dezembro do ano passado, um representante da Embasa, especialista em barragens, afirmou que a empresa tem licença para retirar 3,75 m³ de água por segundo da barragem e retira apenas 2,4 m³. Mas “pelas Portarias SRH nº 091/08 e 092/08 de concessão de uso das águas do rio Joanes, esse valor é para a barragem Joanes 2”, afirma Costa. “Para a barragem Joanes 1 o valor concedido é de 1,0 m³”, garante.
 
De acordo com Mota, há técnicos na Embasa que defendem o fim da captação de água na barragem Joanes 1 devido aos custos do tratamento. É possível, portanto, que a lógica econômica consiga adiar o fim do rio Joanes, amenizando a poluição em Buraquinho e quem sabe até os alagamentos.

ENTENDA: Jusante e montante são lugares referenciais de um rio pela visão de um observador. Jusante é o fluxo normal da água, de um ponto mais alto para um ponto mais baixo. Montante é a direção de um ponto mais baixo para o mais alto. A jusante é o lado para onde se dirige a corrente de água e montante é a parte onde nasce o rio. Por isso se diz que a foz de um rio é o ponto mais a jusante deste rio, e a nascente é o seu ponto mais a montante.
Publicidade
Você Viu? Nov/2017
Tribuna do Leitor Consulta
Tribuna do Leitor Correção
Tribuna do Leitor Sugestão
Tribuna do Leitor Agradecimentos
Tribuna do Leitor A burocracia dos absurdos
Veja todas as notícias de Nov/2017
Vilas Magazine© 2013. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Webd2 - Desenvolvimento Web