Vilas Magazine
Lauro de Freitas
+26°C

Máx +29°

Mín +25°

Dom, 02.02.2014

Doando o animal corretamente

Redação Vilas Magazine - Em 13/06/2017

Quando adotamos ou adquirimos um animal de estimação, estamos assumindo um grande compromisso e responsabilidade. É essencial refletir bastante e analisar todas as vantagens e desvantagens dessa decisão. Minha casa/apartamento tem espaço adequado para receber o animal? Tenho tempo disponível para dedicar às ele? Meus recursos financeiros permitem as despesas para mantê-lo? E quando precisar viajar, tenho com quem ou onde deixá-lo, com segurança? Responder estas perguntas evitaria que muitos animais terminassem abandonados nas ruas.
 
Muitas vezes as pessoas deixam de querer seus animais de estimação por problemas que podem ser resolvidos. Problemas ligados ao comportamento, por exemplo, podem ser resolvidos por um bom veterinário. O animal pode estar com problemas de saúde que, por ocasionar dores e incômodos, provoca um comportamento diferente. Infecções podem levá-lo a urinar pela casa – um problema grave, mas fácil de tratar.
 
Mas há situações em que uma pessoa se vê mesmo obrigada a entregar os seus animais para adoção. Essa decisão é sempre difícil, mesmo que seja a melhor escolha a longo prazo. Para o animal, o dono é a sua família e deixá-lo será muito triste para ele. É importante saber disso ao tomar a decisão.
 
Não é fácil encontrar de pronto um novo dono para o animal. Quem vai se mudar para outro país e não pode levar o anima é recomendável tratar da doação bem antes da mudança.
 
Outra recomendação importante é ficar atento à saúde do animal, ver se a vacinação está em dia e se ele está protegido contra parasitas. É difícil achar um novo dono se o animal não estiver com os seus cuidados básicos de saúde em dia.
 
É essencial ainda, antes de passar a divulgar que o animal está disponível para adoção, conversar primeiro com parentes, amigos e pessoas que gostem de animais. Elas podem conhecer alguém que se interesse em adotar um animal saudável.
 
Um detalhe que muitas pessoas esquecem é a avaliação do interessado. É essencial que ele goste de animais. Afinal, você deseja que seu amiguinho seja bem tratado no seu novo lar. Busque saber se o interessado conhece as responsabilidades em adotar um animal de estimação, que condições pode oferecer para ele.
 
Se puder, combine com o adotante uma visita à residência dele.
 
Algumas pessoas sentem-se incomodadas com isso, mas quem está interessado em adotar um animal deve ficar feliz em mostrar como ele será bem cuidado.

 

Publicidade
Vilas Magazine© 2013. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Webd2 - Desenvolvimento Web