Vilas Magazine
Lauro de Freitas
+26°C

Máx +29°

Mín +25°

Dom, 02.02.2014

Livre de manchas

Karina Matias / Folhapress - Em 04/07/2017

Depilação pode acabar provocando o escurecimento da pele nas axilas, no buço e na virilha; veja o que fazer para tratar e evitar a situação
 
O escurecimento da pele nas axilas, na virilha e no buço provoca constrangimento e insatisfação em muitas mulheres. Segundo especialistas, a depilação é a principal responsável por esse processo, chamado hipercromia pós inflamatória. Mas há tratamento e formas de evitar as manchas.
 
O que acontece, segundo explicam os médicos, é que o ato de depilar, seja com gilete, cera, creme depilatório ou depilador elétrico, provoca uma inflamação na pele. Em algumas mulheres, o corpo reage à agressão produzindo, mais melanina (pigmento que dá cor à pele), o que provoca as manchas escuras. “É como se fosse uma defesa do próprio organismo”, explica a dermatologista Catarine Padoveze.
 
Mas o escurecimento não acontece com todas as mulheres. Depende da predisposição genética e da sensibilidade de cada uma. Mulheres morenas e negras são mais propensas ao problema.
 
Segundo os dermatologistas, o método mais eficaz para evitar as manchas é a depilação a laser, que vai eliminar grande parte dos pelos e, dessa forma, acabar com o processo inflamatório. Em muitos casos, o laser também já ajuda a clarear a região.
 
O dermatologista Abdo Salomão, da Sociedade Brasileira de Dermatologia, alerta que o procedimento só deve ser feito por profissionais capacitados. “O mesmo laser que clareia pode manchar a pele, se não for aplicado da forma correta”, explica ele.
 
O farmacêutico Lucas Portilho salienta também a importância de usar protetor solar após a depilação. “O sol estimula essa hiper pigmentação.”
 
Se a pele já está escura, os profissionais indicam tratamento com ácido, “peelings” e laser. Há também produtos no mercado que possuem ativos clareadores e podem ajudar. Mas o recomendado é procurar um dermatologista. “Cada pele é única”, adverte Catarine. Ela destaca que receitas caseiras não devem ser testadas. “Já vi muitas queimaduras graves.”
 
Publicidade
Vilas Magazine© 2013. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Webd2 - Desenvolvimento Web