Vilas Magazine
Lauro de Freitas
+26°C

Máx +29°

Mín +25°

Dom, 02.02.2014

Programa federal garante benefícios para jovens de até 29 anos

Redação Vilas Magazine - Em 04/07/2017

Jovens com idades entre 15 e 29 anos que tenham cadastro atualizado no CadÚnico poderãoter transporte interestadual grátis ou mais baratas, nas linhas convencionais, além de meia-entrada em eventos culturais e esportivos, mesmo não sendo estudantes. São quatro vagas por ônibus interestadual, duas gratuitas e a outra metade com 50% de desconto na tarifa. Para os eventos culturais e esportivos, vale o limite de 40% dos lugares para venda de meia-entrada. Ultrapassado o limite, vale o preço integral.
 
Para ter direito aos benefícios, os jovens têm que se cadastrar no Programa Identidade Jovem (ID Jovem) – apresentado em junho pela Secretaria Nacional de Juventude (SNJ), ligada à Presidência da República, durante eventos em Feira de Santana e Lauro de Freitas, com o apoio do Governo da Bahia. O cadastro pode ser feito por meio de aplicativo em smartphones ou no site da Caixa Econômica Federal. Os interessados também podem procurar os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS).
 
De acordo com a SNJ, cerca de dois milhões de jovens baianos estariam aptos a usufruir dos benefícios, mas menos de cinco mil estavam cadastrados até abril, de acordo com o governo do estado. Em Lauro de Freitas, 14,8 mil jovens estão aptos a fazer o cadastramento. O secretário Assis Filho, responsável pela pasta, afirma que o governo federal está “levando para todo o Brasil o maior programa social para a juventude, que é o ID Jovem”.
 
Para o secretário de Justiça da Bahia Carlos Martins o programa é “um grande avanço para as políticas de juventude” porque “estamos garantindo ao jovem o acesso à arte, ao esporte e à locomoção, obviamente, estamos potencializando as oportunidades da educação para além das escolas e universidade”.  O programa respeita o que prevê o Estatuto da Juventude e contempla, principalmente, jovens com renda familiar de até dois salários mínimos, com validade de 180 dias, sempre prorrogáveis, sem burocracia.
 
O secretário executivo do Conselho Estadual da Juventude Fernando Maltez explica que o ID Jovem é um documento de identificação. “A emissão do documento de Identidade Jovem ser dará de forma virtual, com validação de segurança através de código QR Code, que poderá ser utilizado para entradas nos eventos e atividades que estão de acordo com as regras do programa”, disse.
 
Para ter o ID Jovem, o interessado deve se cadastrar, preencher os campos ‘data de nascimento’, ‘nome completo’, ‘nome da mãe’ e ‘NIS’. O Número de Identificação Social (NIS) deve estar atualizado para que o cadastro seja efetivo. Se houver um erro na atualização, o jovem deve procurar o setor social do município em que reside. Havendo problemas no acesso às passagens gratuitas ou parcialmente gratuitas, o cidadão deve contatar a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e relatar o ocorrido. (Foto: Carlos Martins, secretário de Justiça
da Bahia: programa oferece “acesso à
arte, ao esporte e à locomoção”)
Publicidade
Vilas Magazine© 2013. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Webd2 - Desenvolvimento Web