Vilas Magazine
Lauro de Freitas
+26°C

Máx +29°

Mín +25°

Dom, 02.02.2014

BCS de Itinga comemora cinco anos de trabalhos sociais

Redação Vilas Magazine - Em 01/09/2017

A comandante da BCS, tenente Naila Reis, a prefeita Moema Gramacho, o secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa e o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Anselmo Brandão, presentes na solenidade
 
A comunidade de Itinga comemorou os cinco anos de inauguração da Base Comunitária de Segurança (BCS) do bairro, no dia 18 de agosto, com uma grande festa. Composta por um grupo de 78 policiais, a unidade reforça a segurança da região e promove diversos projetos sociais de inclusão para crianças, adolescentes e adultos, como atividades de teatro, esporte e lazer.
 
Para a tenente Naila Reis, comandante da BCS, a presença da base tem um impacto forte na segurança do bairro. “A boa relação que temos com todos aqui faz toda a diferença. Em 2015, fomos a companhia que mais apreendeu armas de fogo. Desde que começamos nossas atividades, recebemos duas vezes o prêmio de desempenho policial. Temos muito trabalho a ser feito ainda, mas certamente estamos conseguindo um resultado muito positivo na diminuição dos índices de violência”.
 
Presente na cerimônia, o secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa, destacou que o evento celebra acima de tudo a relação que os policiais têm com os moradores. “Além da parte operacional, nós oferecemos projetos para melhorar a vida da comunidade. São projetos muito importantes, que promovem uma aproximação entre a polícia e as pessoas, formando uma ponte de confiança, e que também melhoram a autoestima das pessoas que vivem na comunidade”.
 
TRANSFORMAÇÃO
As BCS integram o programa estadual Pacto Pela Vida e funcionam em 18 regiões de Salvador e interior do estado, buscando uma interlocução com as comunidades onde atuam. É o que explica o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Anselmo Brandão. “A Bahia é um destaque nacional nessa filosofia de policiamento. Muito além do trabalho ostensivo, nosso maior objetivo é trabalhar nas bases sociais para diminuir a criminalidade”.
 
A estudante Laíse Carvalho, 16 anos, é um exemplo de transformação promovida pelo projeto Vidas em Cena, que oferece aulas gratuitas de iniciação teatral. “Minhas notas melhoraram, começei a me interessar mais pelos estudos e a ter uma melhor relação com meus professores. Aprendi a gostar de ler e me tornei uma pessoa mais sociável. Esse grupo mudou muita coisa pra mim. Agora, me sinto muito mais evoluída para buscar meus caminhos”, afirmou.
Publicidade
Vilas Magazine© 2013. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Webd2 - Desenvolvimento Web