Vilas Magazine
Lauro de Freitas
+26°C

Máx +29°

Mín +25°

Dom, 02.02.2014

METRÔ: Antes do Km 3,5 só falta a estação Aeroporto

Redação Vilas Magazine - Em 04/10/2017

 
Já é possível ir de Mussurunga à Lapa em cerca de 30 minutos. Com o início da operação de mais quatro estações do metrô de Salvador, Flamboyant, Tamburugy, Bairro da Paz e Mussurunga, em setembro, agora são 29 quilômetros de trilhos passando por 19 estações entre as linhas 1 e 2, sendo 7,5 quilômetros no trecho mais recente. De acordo com o governador Rui Costa, Salvador terá a terceira maior malha metroviária em extensão no país.
 
O terminal de ônibus de Mussurunga foi reformado e ampliado, com melhorias no acesso e a integração das 21 localidades de Salvador e Lauro de Freitas ao sistema de metrô. Falta entregar apenas a estação Aeroporto, prevista para dezembro – e a estação do Km 3,5 da Estrada do Coco, em Lauro de Freitas, que poderá ser viável no ano que vem, mas ainda não tem data prevista.
 
Rui Costa garante que “além do aeroporto, teremos o trecho que vai sair de Pirajá até Águas Claras-Cajazeiras”. Com isso, “são mais cinco quilômetros de metrô que nós vamos iniciar, e portanto, chegaremos a 42 quilômetros de metrô”, afirmou o governador. Até o Km 3,5 da Estrada do Coco, onde está sendo construído um shopping Center (no espaço do lojão Insinuante), a extensão será ainda maior.
 
Com as novas quatro estações entregues, a expectativa é aumentar o número de passageiros em cerca de 60%, chegando a transportar 200 mil pessoas por dia, com capacidade para até 400 mil embarques diários.
 
Com a chegada do metrô até a estação de Mussurunga, cerca de 200 mil pessoas deixam de usar carro ou pegar ônibus todos os dias, de acordo com a CCR Metrô Bahia. A avenida Paralela, por onde chegam a passar 20 mil veículos por hora nos horários de pico, é uma das principais artérias beneficiadas, retomando sua vocação de via expressa com a retirada dos retornos pelo canteiro central e dos semáforos.
 
O presidente da Companhia de Transportes da Bahia, Eduardo Copello, lembra que para as pessoas deixarem os veículos em casa, é preciso um transporte público, coletivo, de massa e de qualidade, com rapidez e conforto. “O governo do Estado planejou uma série de investimentos, no qual o metrô é o principal deles, que oferece essa condição e propicia que as pessoas possam deixar seus transportes individuais”, disse.
 
Segundo ele, esses investimentos já têm trazido uma melhoria real para Salvador. “Ainda temos mais alguns projetos, a exemplo do VLT, que vai proporcionar rapidez, pontualidade, segurança e qualidade para os passageiros do subúrbio para o Comércio”.
 
Com a reforma, o terminal de ônibus de Mussurunga passa a atender até 12 mil usuários por hora, circulando em três plataformas ampliadas de embarque e desembarque, com fluxo de até 180 ônibus por hora. Atualmente, operam no Terminal de Ônibus Mussurunga 30 linhas urbanas e oito metropolitanas.
 
Publicidade
Vilas Magazine© 2013. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Webd2 - Desenvolvimento Web