Vilas Magazine
Lauro de Freitas
+26°C

Máx +29°

Mín +25°

Dom, 02.02.2014

SALVA responde questionamento de leitora

Márcio Costa, Coordenador Geral - SALVA. - Em 08/12/2017

Prezada sra. Flávia,
Apesar da SALVA representar os moradores de Vilas do Atlântico há 15 anos, muitos ainda desconhecem as suas ações, por falta de conhecimento e muitas vezes falta de divulgação, pois não divulgamos tudo o que fazemos, por exemplo: ao longo deste ano foram realizadas 24 reuniões e enviados 20 ofícios às diversas Secretarias da Prefeitura de Lauro de Freitas, reivindicando soluções para problemas do nosso loteamento. Caso a senhora tivesse lido a edição de outubro da revista Vilas Magazine, nas páginas 22 e 23 a matéria “SALVA reivindica à Prefeitura ações para o verão de Vilas do Atlântico”, teria percebido que não estamos parados. Diante da repercussão daquela reportagem, acreditamos que pelo menos algumas ações serão atendidas, uma vez que já fomos convidados para participar de reuniões com diversas secretarias envolvidas no assunto, para tratarmos sobre a referida pauta. Como a senhora colocou muito bem que “uma andorinha só não faz verão”, queremos lhe convidar para fazer parte da SALVA, pois acreditamos que somente com a união dos moradores conseguiremos alcançar resultados muito mais significativos.
 
Para deixar transparente para a senhora e demais moradores de Vilas do Atlântico, listamos a seguir algumas das principais ações desenvolvidas pela SALVA ao longo deste ano, pela atual Coordenação:
 
lParticipações nas reuniões da APA Joanes/Ipitanga (área de proteção ambiental do Rio Joanes e Rio Ipitanga);
 
lParticipação e parceria com as entidades Movimento Rios Vivos e OSCIP Rio Limpo;
 
lAcompanhamento da obra da CONDER de drenagem pluvial da Lagoa de Base / Rua da Irmandade, que pode contaminar o Rio Sapato;
 
lParticipação nas audiências públicas na SPU sobre a permanência das barracas na praia de Vilas do Atlântico; 
 
lParticipação no PPA de Lauro de Freitas apresentando documento com as sugestões da SALVA; 
 
lParticipação na 7ª Conferência Estadual de Saúde;
 
lAdesão Oficial da SALVA ao Observatório Social do Brasil (leia matéria nas páginas 21 a 23 da edição de novembro da revista Vilas Magazine); 
 
lApoio ao Projeto de coleta Seletiva de Lixo Eletrônico – Projeto Ilhas;
 
lImpedimento da derrubada do muro da Alameda Praia de Guadalupe, com uma ação de Interdito Proibitório na 1ª Vara de Fazenda Pública de Lauro de Freitas;
 
lMudança do Escritório da SALVA para a entrada do Parque Ecológico, em parceria com a Prefeitura de Lauro de Freitas; lApoio e participação na implantação do Parque Ecológico de Vilas do Atlântico;
 
lCriação de comissão interna para acompanhamento do Projeto da Orla de Lauro de Freitas e consequente elaboração do Projeto Verão Vilas do Atlântico – 2017/2018;
 
lParcerias com a Prefeitura de Lauro de Freitas com doação de livros para o Projeto Trilha das Artes e manutenção de veículo da Secretaria Municipal de Segurança, para ficarem atuando integralmente em Vilas do Atlântico;
 
Além de realização de 5 Assembleias Gerais com os associados, 24 reuniões e envio de 20 ofícios para diversos órgãos institucionais.
 
Apesar das dificuldades encontradas, esperamos através das ações realizadas e trabalhos desenvolvidos, ganhos mais significativos para os moradores em 2018.
Junte-se a nós. Vilas do Atlântico precisa de todos nós.
Márcio Costa, Coordenador Geral - SALVA.
Publicidade
Você Viu? Abr/2018
Tribuna do Leitor Poluição sonora
Tribuna do Leitor Poluição Sonora
Tribuna do Leitor Poluição Sonora
Tribuna do Leitor Poluição Sonora
Veja todas as notícias de Abr/2018
Vilas Magazine© 2013. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Webd2 - Desenvolvimento Web