Vilas Magazine
Lauro de Freitas
+26°C

Máx +29°

Mín +25°

Dom, 02.02.2014

Metrô deve começar a operar em fevereiro na estação Aeroporto

Redação Vilas Magazine - Em 06/01/2018

Imagem aérea mostra o metrô atravessando pela primeira vez a avenida Carybé em direção à estação Aeroporto
 
O metrô fez em dezembro a primeira viagem de teste da estação Mussurunga à estação Aeroporto, num trecho de 3,5 Km. A bordo, além do comandante da Base Aérea de Salvador Coronel-Aviador José Henrique Kaipper e outros convidados, estavam o vicegovernador João Leão (PP) e a prefeita Moema Gramacho (PT), que posaram juntos para fotos na chegada ao terminal.
 
O governador Rui Costa (PT), que normalmente participa das viagens inaugurais do metrô, desta vez cedeu o protagonismo ao ex-prefeito de Lauro de Freitas. Leão aplicou à cidade a frase que vem sendo divulgada pelo governo para sublinhar as vantagens do metrô: “quem vive ou trabalha em Lauro de Freitas tem segurança de saber que horas vai chegar em casa ou no trabalho”. Moema Gramacho destacou que a nova estação está localizada no município.
 
A proposta é que os moradores de Lauro de Freitas usem a estação Aeroporto enquanto a linha 2 não avança até a metade da avenida Santos Dumont, conforme está previsto. A construção do trecho até a estação Lauro de Freitas, na metade da avenida Santos Dumont, depende do volume de passageiros em horários de pico na estação Aeroporto.
 
A estação Aeroporto, que tinha previsão de entrega para o mês passado, só deverá começar a funcionar efetivamente entre fevereiro e março. Ainda falta terminar obras complementares – incluindo o terminal de transbordo e uma passarela de 400 metros – e integrar o sistema de transporte metropolitano ao metrô. Depois disso já será possível chegar à região do Iguatemi em cerca de 25 minutos e à Lapa em 35 minutos. O governo avalia que o número de usuários pode chegar a 500 mil/dia depois da entrada em operação da estação Aeroporto. O sistema transporta hoje, diariamente, cerca de 270 mil pessoas.
 
Segundo a secretária estadual de Desenvolvimento Urbano Jusmari Oliveira, o próximo passo é iniciar o tramo três do sistema de metrô, até Águas Claras, no subúrbio de Salvador, “onde vamos construir a nova rodoviária e dar funcionalidade a essa que é a maior obra de intervenção urbana da América Latina”.
 
Com a Estação Aeroporto, o sistema metroviário alcança 33 Km de extensão, incluindo 20 estações e oito terminais de integração com ônibus. Os terminais de Pituaçu e Aeroporto ainda estão em fase de obras, com conclusão prevista para janeiro. A Linha 1 é composta por oito estações ao longo de 12 Km, entre as estações da Lapa e Pirajá. A Linha 2, do Acesso Norte ao Aeroporto, inclusive, quando estiver em operação, passará a compreender 21 Km de extensão e 12 estações.
 
Até agora, o projeto do metrô, desde a assinatura do contrato de concessão em modelo de Parceria Público-Privada (PPP) em 2013, recebeu investimentos na ordem de R$ 5,6 bilhões, valor que inclui obras das Linhas 1 e 2, revitalização de seis trens e sistemas, reforma e ampliação dos terminais de ônibus, aquisição de 34 novos trens, implantação de sistemas, manutenção e operação do Metrô. No auge das obras, o projeto chegou a empregar mais de oito mil trabalhadores diretos, indiretos e terceiros.
 
João Leão e Moema Gramacho (centro) posam para fotos na estação Aeroporto: sistema de metrô “chega a Lauro de Freitas”

 

Publicidade
Você Viu? Abr/2018
Tribuna do Leitor Poluição sonora
Tribuna do Leitor Poluição Sonora
Tribuna do Leitor Poluição Sonora
Tribuna do Leitor Poluição Sonora
Veja todas as notícias de Abr/2018
Vilas Magazine© 2013. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Webd2 - Desenvolvimento Web