Vilas Magazine
Lauro de Freitas
+26°C

Máx +29°

Mín +25°

Dom, 02.02.2014

Poluição Sonora

- Em 14/02/2018

- A prefeitura de Lauro de Freitas não respeita nem o contribuinte nem as próprias leis municipais. Imaginem que deu autorização a um pequeno grupo da rua Vereador José Barbosa dos Reis, em Ipitanga, para fazer um carnaval na rua com trio elétrico a todo o som, passando de um lado a outro da rua, tirando o sossego de todos os outros moradores. Na véspera mandou fazer uma faxina na rua, coisa de se estranhar pois há muito não acontecia, instalou sanitários químicos e providenciou apoio policial. Quanto ao número 153 para denúncias, também foi interessante. Quando atende, anota a reclamação e guarda. Fui informada de que o Serviço de Proteção à Poluição Sonora não funciona aos sábados e domingos. Gostaram? As leis aqui não saem do papel, ou funcionam somente nas épocas de campanhas. Aproveito para deixar também o meu pesar quanto à sujeira dos rios, principalmente o Rio Sapato que está há mais de um ano sem que ninguém lembre a não ser as muriçocas. Fiz várias queixas com protocolos e tudo, mas também ficou no papel. Mas o IPTU chegou em minha porta. Só para isto lembram do contribuinte.
Célia Vianna de Aquino. Ipitanga.
 
- Os moradores da Rua José Barbosa dos Reis, em Ipitanga, acordaram preocupados, na manhã do sábado, 27 de janeiro. Sanitários químicos sob os passeios e um folheto anunciava o “Arrastão do Jade”, com as marcas da Prefeitura Municipal de Lauro de Freitas e da Polícia Militar da Bahia apoiando o evento. Como o 153, anteriormente disponibilizado pela Prefeitura para denúncias, não atende, moradores questionam através da imprensa e das redes sociais a quem recorrer para terem a sua tranquilidade garantida. É importante a prefeitura fornecer protocolo de atendimento aos denunciantes. Além de disponibilizar canais para as denúncias, é necessário que os atendentes recebam orientações para tratar do assunto, ter equipe com fiscais, equipamentos para medição dos decibéis e veículos suficientes para deslocamento e apreensão da fonte de som, conforme determina o Art. 20 da Lei nº1536 de 12 de novembro de 2014.
Hendrik Aquino. Ipitanga.
Publicidade
Vilas Magazine© 2013. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Webd2 - Desenvolvimento Web