Vilas Magazine
Lauro de Freitas
+26°C

Máx +29°

Mín +25°

Dom, 02.02.2014

Salvador libera obra e viabiliza conclusão da estação Aeroporto

Redação Vilas Magazine - Em 04/03/2018

A secretaria de Desenvolvimento e Urbanismo de Salvador (Sedur) desembargou no dia 21 de fevereiro a obra da CCR Metrô na estação Aeroporto que havia sido paralisada em 20 de janeiro. A Vilas Magazine noticiou o embargo no contexto da reivindicação territorial de Lauro de Freitas, que envolve aquele mesmo trecho.

 
A CCR Metrô garantiu, em janeiro, que trabalhava com licença ambiental emitida pelo Inema, órgão de meio ambiente ligado ao governo do estado. O embargo deu-se porque a obra não tinha licenciamento ambiental da prefeitura de Salvador “e pela poda irregular do bambuzal”, que teria dado origem a uma autuação e aplicação de multa à concessionária.
 
Agora, de acordo com a prefeitura da capital, a empresa apresentou um novo projeto que “atende aos critérios de licenciamento de obras da prefeitura e à exigência da Sedur de não interferir mais na área do bambuzal, o que ensejou o embargo feito pelo município, em função da retirada da vegetação”. A liberação da obra está condicionada à recuperação da área que Salvador afirma ter sido degradada.
 
“A CCR nos apresentou uma nova solução, preservando o bambuzal”, disse o secretário da pasta Sérgio Guanabara, acrescentando que “esse fato em si revela que se pode promover um desenvolvimento econômico sustentável, preservando o meio ambiente”.
 
A liberação da obra deu-se cerca de duas semanas depois de ter sido aberto ao tráfego o terceiro e último viaduto do entorno da estação Aeroporto do metrô. O viaduto passa sobre a via férrea, que agora atravessa a avenida 2 de Julho em direção ao pátio de estacionamento das composições. A estrutura tem 400 metros de extensão e 13,16 m de largura, com duas faixas de rolamento e um trecho de ciclovia com 2,70 m de largura.
 
O governador Rui Costa percorre a passarela de Pernambués: possível interligação ao Salvador Shopping
 
A 2 de Julho liga a avenida Santos Dumont (Estrada do Coco) ao Centro. O primeiro viaduto faz a conexão entre o complexo do aeroporto e a avenida Santos Dumont. Falta liberar o segundo, na chamada rua das locadoras. De acordo com o governador Rui Costa (PT), que esteve presente na entrega da obra, a estação Aeroporto deve mesmo entrar em operação este mês. Com a entrega do viaduto, “viabilizamos mais celeridade às obras”, disse.
 
Também em fevereiro foi entregue a nova passarela de pedestres que liga a estação Pernambués, em Salvador, ao bairro de mesmo nome. Ao custo de R$ 9,7 milhões, a passarela é tão extensa quanto o novo viaduto – 400 m – e tem capacidade para 15 mil usuários por hora. Segundo o governador, a ideia é interligar essa passarela à do Salvador Shopping.
 
O equipamento dá uma ideia do que será a passarela da estação Aeroporto quando estiver pronta, ligando o limite de Itinga ao metrô. Em Pernambués há duas rampas, piso tátil, sinalização em braile nos corrimãos e duas escadas rolantes, instaladas nas duas entradas. A passarela é monitorada por 16 câmeras conectadas ao Centro de Controle Operacional, bem como por vigilantes que se alternam em rondas.
 
Novo viaduto da av. 2 de Julho: trecho de ciclovia com 2,70m de largura.

 

Publicidade
Vilas Magazine© 2013. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Webd2 - Desenvolvimento Web