Vilas Magazine
Lauro de Freitas
+26°C

Máx +29°

Mín +25°

Dom, 02.02.2014

Estação do metrô já liga o aeroporto ao Centro de Salvador

Redação Vilas Magazine - Em 13/05/2018

 
Entrou em operação no final de abril a estação Aeroporto do Metrô, com capacidade para 17 mil passageiro/hora, com integração provisória ao transporte rodoviário metropolitano. A passarela de acesso à estação tem capacidade para nove mil pedestres/hora. A demanda prevista com a operação plena das linhas 1 e 2, que o governo deu por concluída no mês passado, é de 500 mil passageiros/dia útil. O metrô agora totaliza 33 quilômetros de extensão. 
 
Durante a cerimônia de inauguração da estação Aeroporto, o governador Rui Costa anunciou já para este mês a continuidade das obras do metrô – em direção a Águas Claras/Cajazeiras. “Em maio, iremos publicar a licitação das obras de mais cinco quilômetros de extensão e de duas estações do metrô, partindo da Estação Pirajá, seguindo para a região da Brasilgás, na BR-324, e próximo à área onde será a nova rodoviária, em Águas Claras/Cajazeiras, que deverão ser concluídas em 24 meses”, disse.
 
O serviço de “shuttle” entre o aeroporto e a nova estação também já está em funcionamento. No Brasil, além de Salvador, apenas Recife e São Paulo contam com serviço de metrô interligando um aeroporto ao Centro da cidade.
 
A estação tem mais de nove mil metros quadrados de área construída, dois bicicletários com um total de 108 vagas, quatro escadas rolantes, dois elevadores, piso tátil e sinalização em braile nos corrimãos. Interligadas ao Centro de Controle Operacional da CCR Metrô Bahia e à Sala de Supervisão Operacional da Estação há 139 câmeras de vigilância. A estação Aeroporto funciona no mesmo horário de todo o sistema, das 5h à meia-noite, inclusive feriados e finais de semana. A tarifa é de R$ 3,70.
 
A viagem inaugural, em fase de testes, aconteceu em dezembro de 2017, mas o terminal de transbordo dos ônibus só deve ficar pronto em julho próximo. Até lá, a integração dos modais continua a acontecer na estação Mussurunga, potencialmente adiando as condições para a expansão da linha de metrô até a estação Lauro de Freitas, no Km 3,5 da Estrada do Coco – ou avenida Santos Dumont – em frente ao shopping center que está construção.
 
Mesmo que o terminal de transbordo já estivesse em funcionamento, o transporte municipal ainda não faria parte do sistema integrado. A prefeitura de Lauro de Freitas ainda está “finalizando o formato da licitação do transporte municipal para ampliar as opções de integração”.
 
Para que o governo da Bahia comece a pensar nas obras é necessário que a estação Aeroporto atinja o volume de seis mil passageiros por hora-pico durante seis meses consecutivos. Depois disso, a CCR Metrô Bahia, concessionária do sistema, tem mais seis meses para apresentar estudos. Os termos fazem parte do contrato de concessão.
 
No ano passado, Luiz Valença, presidente da CCR Metrô Bahia, acreditava que essas condições estariam presentes em julho deste ano. Na época, o início da operação da estação Aeroporto estava previsto para dezembro. 
 
Mesmo sem o terminal de transbordo em funcionamento, os usuários de Lauro de Freitas e municípios do entorno já contam com a tarifa única, embora nenhuma linha de ônibus tenha sido extinta. “A diferença é que os passageiros terão a opção de pegar o metrô vazio, na primeira estação, ao invés de ir para a estação Mussurunga”, explicou Olinto Borri, secretário de Trânsito e Transporte de Lauro de Freitas.
 
Um “terminal de transporte provisório” foi instalado na avenida Gerino de Souza Filho, sentido Salvador. É nesse ponto que passam os ônibus em direção à estação Mussurunga do Metrô desde que o terminal de transbordo começou a ser construído.
 
“O passageiro do transporte metropolitano vai parar numa área coberta, com wi-fi e recuo para os ônibus estacionarem com segurança e fazer o embarque e desembarque, com acesso à passarela até o metrô”, explicou Borri. No sentido Lauro de Freitas, “em cima do viaduto, foram instalados pontos de ônibus que atenderão quem chega à estação Aeroporto” vindo de Salvador.
 
 
Em cima do viaduto que liga Salvador a Lauro de Freitas a quarta faixa será dedicada exclusivamente aos ônibus. A quarta faixa exclusiva e o terminal provisório serão desativados depois da abertura do terminal de transbordo, prevista para julho. Os passageiros das linhas metropolitanas terão direito à integração com o uso dos cartões do Metrô, SalvadorCard ou Metropasse, pagando apenas uma tarifa.
 
De acordo com a CCR, depois da estação Aeroporto o metrô seguirá por cima do rio Ipitanga, ao longo da avenida Beira Rio, até encontrar novamente a Estrada do Coco. Segundo a prefeita Moema Gramacho (PT), os trilhos serão elevados sobre o leito do rio, sem a canalização do curso d’água.
 
Ao lado do futuro shopping center será construído outro terminal de ônibus para transbordo que, juntamente com o terminal da estação Aeroporto, vai se tornar ponto de confluência do transporte rodoviário metropolitano para o entorno de Lauro de Freitas.
Publicidade
Você Viu? Abr/2018
Tribuna do Leitor Poluição sonora
Tribuna do Leitor Poluição Sonora
Tribuna do Leitor Poluição Sonora
Tribuna do Leitor Poluição Sonora
Veja todas as notícias de Abr/2018
Vilas Magazine© 2013. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Webd2 - Desenvolvimento Web