Vilas Magazine
Lauro de Freitas
+26°C

Máx +29°

Mín +25°

Dom, 02.02.2014

Prefeitura aposta em tecnologia para limpar o rio Sapato

Redação Vilas Magazine - Em 01/07/2018

O engenheiro Cid Simões (terceiro à direita): bactérias transformam poluição em substâncias minerais
 
A prefeitura de Lauro de Freitas anunciou em junho que vai usar microorganismos para decompor o lodo que fica depositado no fundo do rio Sapato. De acordo com o engenheiro agrônomo Cid Simões, “esses seres ajudarão o corpo hídrico a combater ainda bactérias nocivas, presentes na água por conta do lançamento de esgotos in natura que oxidam e matam o rio”. 
 
Simões é diretor da AmbieEM, empresa que ficará responsável pelo projeto. Segundo o engenheiro, “todo esse sistema é realizado a partir de cálculos e estudos baseados na capacidade de depuração” – explicando que as bactérias “agirão como decompositores, transformando a poluição em substâncias minerais”. Se funcionar, o método deverá manter o rio livre das baronesas, que se alimentam das águas poluídas.
 
A proposta foi apresentada pela Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Lauro de Freitas no encerramento das ações da Semana do Meio Ambiente com o lançamento do projeto piloto inédito na cidade. A expectativa é a de que nos próximos doze meses o manancial que banha o município em mais de sete quilômetros de extensão, reduza os índices de poluição com a melhora significativa da qualidade de suas águas.
 
Os microrganismos serão lançados inicialmente em dois pontos, numa extensão de quatro quilômetros. O primeiro é na avenida Beira Mar, em Ipitanga e o segundo no local onde o rio recebe os efluentes lançados pela Lagoa dos Patos. “Esse está sendo considerado o pontapé inicial para mais projetos que virão para revitalização dos nossos rios”, prometeu o secretário de Meio Ambiente Juraci Alves.
 
De acordo com a prefeitura, o Sapato “recebe em média, diariamente, 150 quilos de poluição”. Alves contou que equipes da secretaria “têm ido de casa em casa” para notificar os moradores sobre a “necessidade de implantar filtros antes de lançar os dejetos no rio Sapato”.
Publicidade
Vilas Magazine© 2013. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Webd2 - Desenvolvimento Web