Vilas Magazine
Lauro de Freitas
+26°C

Máx +29°

Mín +25°

Dom, 02.02.2014

Assim é a gestão pública de Lauro de Freitas em relação ao animais

REMCA - Rede de Mobilização pela Causa Animal - Em 01/05/2019

Seres desprovidos de sensibilidade e inteligência, desconectados do todo, que nada têm
a ver com as pessoas ou o meio ambiente urbano. Assim é a visão geral da maioria dos gestores
municipais acerca do animais. Fazendo o papel do observador e olhando de fora a ação,
ou melhor, a falta de ação das administrações públicas em relação a situação dos animais,
percebe-se que além do paradigma histórico-cultural-religioso do antropocentrismo, o qual
coloca os animais não humanos em posição de inferioridade em relação aos animais humanos,
há três pilares que podem, juntos ou separadamente, sustentar a atitude vil de não cuidar:
1 - A ignorância, no sentido literal do termo, o desconhecimento da relação fundamental
e intrínseca entre todos os seres e, portanto, a incapacidade de criar estratégias que dêem
conta de incluir e integrar;
2 – A ausência de empatia, e a consequente inabilidade em se colocar no lugar do outro
ser, de sentir compaixão;
3 – O descaso, que em outros termos significa “Eu não me importo”.
Derperta Prefeitura Municipal de Lauro de Freitas.
Publicidade
Vilas Magazine© 2013. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Webd2 - Desenvolvimento Web