Vilas Magazine
Lauro de Freitas
+26°C

Máx +29°

Mín +25°

Dom, 02.02.2014

Centro de economia solidária será implantado em Itinga

Redação Vilas Magazine - Em 29/05/2019

O governador Rui Costa (PT) assinou em maio os contratos de gestão dos 13 Centros Públicos de Economia Solidária (Cesol) da Bahia. De acordo com a prefeitura de Lauro de Freitas, o governo implantará no município o segundo Cesol da Região Metropolitana de Salvador, para onde serão destinados cerca de R$ 900 mil por ano. Somados, os contratos envolvem cerca de R$ 19,4 milhões.
FOTO: Ladeado por populares, o governador Rui Costa mostra instrumento dos contratos de gestão em cerimônia no CAB
 
Segundo o secretário de Trabalho, Esporte e Lazer de Lauro de Freitas, Uilson José de Souza, a nova unidade será implantada em Itinga. “Inicialmente serão 127 empreendimentos que podem atender de 20 a 100 pessoas cada um”, disse. Para ele, o Cesol, “nesse período de retração da economia fortalecerá o produto local, contribuindo com formação e assistência continuada”. Por meio desses espaços, as comunidades têm acesso à assistência técnica, microcrédito assistido, apoio à comercialização, qualificação técnica e distribuição de insumos e equipamentos.
 
Durante cerimônia no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador, o governador destacou que a ação “busca alcançar pessoas de menor formação, que possuem um talento natural para produzir artesanato ou uma culinária específica, por exemplo, mas que precisam de apoio, principalmente, na área de comercialização”.
 
Rui Costa avalia que “muitos até conseguem microcrédito para produzir, mas não sabem como comercializar o seu produto”. O apoio do Estado, a partir desses contratos de gestão dos Cesol, “significa que estamos ensinando essas pessoas a pescarem e a comercializarem seu peixe”, disse.
 
Os contratos são válidos por dois anos e beneficiam, diretamente, 40 mil pessoas de 276 municípios de 18 territórios de identidade. Os Cesol são unidades de caráter comunitário que se destinam a articular oportunidades de geração, fortalecimento e promoção do trabalho coletivo baseado na economia solidária. Por intermédio desses espaços, as comunidades têm acesso à assistência técnica, microcrédito assistido, apoio à comercialização, qualificação técnica e distribuição de insumos e equipamentos.
FOTO: Uilson José de Souza, secretário de Trabalho, Esporte e Lazer de Lauro de Freitas
 
Segundo o titular da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Davidson Magalhães, o edital ajuda a fortalecer o microempreendedorismo em todo o estado. “Esse incentivo intensifica a distribuição de renda entre os baianos”, afirmou.
 
O Cesol é um instrumento da política pública de economia solidária baiana presente em Lauro de Freitas, Salvador, Cruz das Almas, Guanambi, Itabuna, Pintadas, Juazeiro, Irecê, Monte Santo, Nilo Peçanha, Serrinha, Lauro de Freitas, Piatã e Vitória da Conquista. A verba para administrar a rede é proveniente do Fundo de Combate à Pobreza do Estado da Bahia (Funcep). Desde 2013, quando foram criados, os centros já atenderam 2.270 empreendimentos, com mais de dez mil famílias contempladas.
Publicidade
Vilas Magazine© 2013. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Webd2 - Desenvolvimento Web