Vilas Magazine
Lauro de Freitas
+26°C

Máx +29°

Mín +25°

Dom, 02.02.2014

Ponte Salvador-Itaparica promete aliviar pressão urbana em Lauro de Freitas

Redação Vilas Magazine - Em 03/10/2019

Imagens do projeto da ponte: mais de 12 Km sobre a Baía de Todos os Santos
 
O governo da Bahia publicou em 18 de setembro o aviso de licitação da Ponte Salvador-Itaparica, a segunda maior da América. As obras e os serviços de operação e manutenção do novo sistema rodoviário vão acontecer na modalidade de Parceria Público-Privada (PPP), concessão patrocinada.
 
“Até o final de novembro, faremos o leilão na Bolsa de Valores de São Paulo”, anunciou o governador Rui Costa (PT) durante uma transmissão de vídeo ao vivo nas redes sociais.
 
Com 12,4 km de extensão, a ponte Salvador-Itaparica vai integrar o Sistema Viário do Oeste (SVO), beneficiando uma população de 10 milhões de pessoas em cerca de 250 municípios da Bahia. Com a construção da ponte e demais intervenções viárias do projeto, a Ilha de Itaparica, o sul do Recôncavo e o território do Baixo Sul deverão ter o crescimento econômico estimulado, como ocorreu no Litoral Norte após a construção da Estrada do Coco e da Linha Verde.
 
Essa, precisamente, é a importância da ponte para o equilíbrio urbano de Lauro de Freitas e Litoral Norte. Único vetor de crescimento de Salvador, durante décadas a cidade acumulou um adensamento urbano indesejável. Com a construção da ponte, a expectativa é que a capital passe a se expandir na direção de Itaparica e do Recôncavo. O Plano Urbano Intermunicipal da Ilha de Itaparica (PUI), apresentado em audiência pública em 2016, integra a ilha aos demais municípios da Região Metropolitana de Salvador (RMS).
 
Depois da ponte, Itaparica pode se tornar o novo vetor de crescimento de Salvador, desacelerando o crescente adensamento urbano de Lauro de Freitas. Mas o novo vetor deve impactar diretamente uma área bem maior que Lauro de Freitas.
 
Além da construção da ponte, o projeto previa uma série de intervenções para a melhoria da infraestrutura viária da região, incluindo a requalificação da BA-001 na Ilha de Itaparica e construção de uma via alternativa para tráfego pesado, a duplicação da Ponte do Funil entre Vera Cruz e Jaguaripe, a duplicação da BA-001 e BA-046 até Santo Antônio de Jesus e a construção de um trecho de rodovia entre Santo Antônio de Jesus e Castro Alves e entre Castro Alves e a BR-116.
 
O plano de desenvolvimento prevê o estímulo a nove setores: educação, saúde, segurança pública, logística, indústria naval, turismo, agricultura, comércio e construção civil. Em 30 anos, a expectativa do governo é que o crescimento dessas atividades crie 100 mil novos postos de trabalho.
Publicidade
Vilas Magazine© 2013. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Webd2 - Desenvolvimento Web