Vilas Magazine
Lauro de Freitas
+26°C

Máx +29°

Mín +25°

Dom, 02.02.2014

Prefeitura mantém recolhimento de petróleo nas praias de Lauro de Freitas

Redação Vilas Magazine - Em 01/12/2019

Os secretários Alexandre Marques e Lindaura Francisco comandam a ação de limpeza contínua das praias
 
Segundo a prefeitura de Lauro deFreitas, desde o dia 10 de outubro já foram retiradas 14 toneladas de óleo das praias da cidade. “Antes de aparecerem os primeiros resíduos de petróleo nas praias, no início do mês de outubro, a gestão municipal de Lauro de Freitas já havia montado um Plano de Ação com técnicos e agentes das secretarias de Serviços Públicos e de Meio Ambiente, Saneamento e Recursos Hídricos”, afirma o município. Além disso, “para reforçar o monitoramento, profissionais da Defesa Civil e Salva-Vidas foram acionados para auxiliarem com providências imediatas”.
 
Equipes de contingência da prefeitura mantêm o monitoramento e limpeza diária da orla. Nos dias em que foi registrado maior quantidade de manchas nas três praias, o trabalho de remoção chegou a contar com mais de 60 agentes de limpeza, além de técnicos em oceanografia, geologia e engenharia ambiental. Nos calçadões da orla a prefeitura disponibilizou tonéis específicos para o descarte dos resíduos retirados por voluntários das ONG. O óleo coletado vem sendo armazenado em tonéis disponibilizados pelo governo do Estado, conforme orientações das autoridades ambientais.
 
As ações da prefeitura incluem equipes voltadas à educação ambiental, que orientaram a população sobre como agir em caso de contato com o material na água ou areia. Equipes de voluntários encontraram petróleo que se confunde com pedras nas piscinas naturais de Vilas do Atlântico. O petróleo, constituído por hidrocarbonetos, é tóxico. Entre os elementos perigosos para a saúde está o benzeno, que é cancerígeno. A contaminação pelas substâncias tóxicas pode ocorrer por sua ingestão, inalação ou absorção pela pele, segundo informa a Fundação Oswaldo Cruz em nota de alerta.
 
De acordo com o engenheiro ambiental Luiz Humberto Valente, da prefeitura, “o trabalho diário de limpeza mantém as praias limpas”. As equipes também permanecem em alerta para qualquer comunicado da população. Os secretários de Meio Ambiente, Alexandre Marques, e Serviços Públicos, Lindaura Francisco, comandam a ação que mantém as equipes alinhadas ao serviço de despoluição das praias. “O trabalho realizado em Lauro, seguindo todas as normas do Inema, tanto na coleta do produto nas praias como no armazenamento, foi considerado referência na Bahia”, acredita a titular da limpeza urbana.
 
Apesar disso, a prefeitura “conta com a colaboração de moradores e banhistas para ajudar no processo de remoção de resíduos de petróleo” e pede que, caso identifiquem óleo na areia ou na água, avisem os órgãos responsáveis pelos telefones 156 (24h) ou (71) 3369-9134, na secretaria de Meio Ambiente. O IBAMA pode ser contatado pelo número (71) 3172-1650, o Corpo de Bombeiros pelo 193 e a Polícia Ambiental pelo 190.
 
As ações da prefeitura incluem equipes voltadas à educação ambiental, que orientam a população sobre como agir em caso de contato com o material, na água ou areia.

 

Publicidade
Vilas Magazine© 2013. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Webd2 - Desenvolvimento Web