Vilas Magazine
Lauro de Freitas
+26°C

Máx +29°

Mín +25°

Dom, 02.02.2014

Prefeitura de Salvador vai requalificar orla de Ipitanga

Redação Vilas Magazine - Em 01/04/2020

As obras de requalificação da orla de Ipitanga que pertence a Salvador, além de Stella Maris e Praia do Flamengo serão executadas pelo Consórcio Stella Maris, formado pelas empresas PJ Construções e Terraplanagem Ltda e Tracomal - Terraplanagem e Construções Machado Ltda. O resultado da licitação, realizada pela secretaria de Cultura e Turismo da capital, foi publicado no Diário Oficial de Salvador.
 
A intervenção terá investimento previsto de aproximadamente R$ 37 milhões e duração de 18 meses. Os recursos são do Programa do Desenvolvimento do Turismo (Prodetur). As obras vão começar na rua Professor Carlos Ott, na praia de Stella Maris, e seguirão até a rua Santo Antônio de Ipitanga, próximo ao Centro Panamericano de Judô. Todo o trecho tem extensão de 4,8 km e 400 mil m² de área de obras.
 
“Daremos início à requalificação de um dos trechos mais importantes da orla da cidade, seja pelo potencial turístico, seja pela valorização de toda uma região vocacionada para o lazer e para a praia”, disse o secretário de Cultura e Turismo, Claudio Tinoco – “vai ficar bom para o morador e também para quem visita Salvador”. A prefeitura de Salvador sublinha que a intervenção foi discutida com as comunidades envolvidas.
 
Após as intervenções, o trecho contará com uma grande extensão de orla urbana requalificada composta por mobiliário e equipamentos urbanos, incluindo quadra de futebol, de vôlei, poliesportiva, ciclovias, espaços de convivência, pista de patins e de skate, esp aço p ara ioga, parques infantis, centro de apoio ao surfista, sanitários públicos, quiosques e módulos de apoio aos salva-vidas.
 
As obras serão divididas em três trechos. O primeiro, de Stella Maris, conta com 1.130 metros, entre a rua Carlos Ott e o início do loteamento Praias do Flamengo, o segundo, com 2.085 metros vai do loteamento à alameda Cabo Frio e o terceiro, de Ipitanga, com 1.600 metros, vai da alameda Cabo Frio até a rua Santo Antônio de Ipitanga. Além da implantação de urbanização, infraestrutura urbana, iluminação pública e equipamentos urbanos, a obra prevê a requalificação ambiental e tratamento paisagístico ao longo da área de intervenção, que preserva as características originais do local, como a manutenção do cordão de dunas além da recomposição e manutenção da cobertura de restinga.

 

Publicidade
Vilas Magazine© 2013. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Webd2 - Desenvolvimento Web