domingo, junho 26, 2022
spot_imgspot_img
InícioDestaque PrincipalAudiência Pública discute impactos ambientais nas bacias dos rios Joanes, Ipitanga e...

Audiência Pública discute impactos ambientais nas bacias dos rios Joanes, Ipitanga e Pojuca

Audiência Pública discute situação de importantes bacias de Lauro de Freitas

A Comissão do Meio Ambiente, Seca e Recursos Hídricos da Assembleia Legislativa da Bahia, convida a população de Lauro de Freitas para uma audiência pública, no dia 15 de junho, às 14 horas, no Auditório da Faculdade Unime, onde serão discutidos os impactos ambientais nas bacias do Rio Joanes, Ipitanga, Pojuca e suas soluções.

Sobre as bacias

O Rio Joanes nasce em uma Área de Proteção Ambiental (APA), no município de São Francisco do Conde, no Recôncavo Baiano, e desemboca na Praia de Buraquinho, na divisa entre Camaçari e Lauro de Freitas. Dali, seu curso atravessa Camaçari, Simões Filho, São Sebastião do Passé, Candeias e Dias d’Ávila, representado por remanescentes da Mata Atlântica, manguezais, restingas, dunas e cerrados, e está sob forte degradação.

O rio Ipitanga possui sua nascente em Simões Filho, passa por Salvador e deságua no Rio Joanes, em Lauro de Freitas. A barragem do Ipitanga I foi construída em 1931 com o objetivo de abastecer a cidade do Salvador. Ao longo destes anos, o rio está sendo contaminado, o que vem sendo notado pelos moradores da região. O crescimento demográfico e a urbanização, a ocupação por pedreiras de áreas não autorizadas e o lançamento de resíduos e efluentes industriais, são os principais motivos para a contaminação.

O rio Pojuca nasce no município de Santa Bárbara, passa nos municípios de Coração de Maria, Terra Nova, Pojuca e deságua no Oceano Atlântico, na Praia do Forte. O encontro das águas crias um cenário muito visitado por turistas e moradores do município de Mara de São João,  no litoral norte. A união das águas do Pojuca com o mar separa as praias de Guarajuba, ao sul, e do Forte, ao norte. 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- P u b l i c i d a d e -
Google search engine

EM ALTA

COMENTÁRIOS RECENTES