Bahia se destaca com maior população quilombola do Brasil

0
791
quilombo quingoma em lauro de freitas

Um retrato inédito do Censo 2022 do IBGE, divulgado em 27 de julho, aponta que o Brasil tem 1,3 milhão de pessoas que se autodeclaram quilombolas. A Bahia é o estado com o maior número, 379.059.

Também estão na Bahia os dois municípios com mais quilombolas no Brasil: Senhor do Bonfim, com 15.999 pessoas e Salvador, com 15.897, seguida de perto por Alcântara, no Maranhão, com 15.616. Ao todo, o Nordeste responde 68,2% do total dessa população no país.

Na Bahia, aparecem ainda na lista das dez cidades com mais quilombolas, Campo Formoso (12.735), Feira de Santana (12.190) e Vitória da Conquista (12.057).

Historicamente Salvador foi um dos principais portos de desembarque de escravizados, que aos poucos deram origem aos quilombos. Por toda cidade é possível encontrar bairros que nasceram a partir dos quilombos, a exemplo da região Cabula e Pernambués.

Atualmente o quilombo Alto do Tororó, localizado na Base Naval, em São Tomé de Paripe, é uma das poucas comunidades delimitadas como quilombo em Salvador. A área tem cerca de 300 anos e é certificada pela Fundação Cultural Palmares.

Outra comunidade, também certificada, é o Quingoma, aqui em Lauro de Freitas. Segundo lideranças locais, a comunidade não surgiu a partir de nenhum quilombo de Salvador. Nasceu em 1569 na então Santo Amaro de Ipitanga e se estende até Pirajá e Abrantes. Está localizado em uma zona rural, com características semi-industriais de Lauro de Freitas. No município, 4.856 pessoas se autodeclaram quilombolas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui