Cineteatro Duzinho Nery, 2 anos de promessas: tragédia, comédia ou farsa?

0
241
duzinho neri rei momo na bahia

A proposta de mudança do nome do cineteatro de Lauro de Freitas para Cineteatro Duzinho Nery é um reflexo importante da valorização da cultura local e do reconhecimento de personalidades que contribuíram significativamente para o enriquecimento artístico e cultural da cidade.

O projeto de lei nº 24450/2022 de autoria da deputada Maria Del Carmem encontra-se parado na Comissão de Constituição e Justiça, que tem como relator o deputado Robinson Almeida.

É notável a morosidade no processo de mudança de nome, o que acaba por desvalorizar a urgência e a importância de tal homenagem.

Duzinho Nery, com sua trajetória artística, cultural e sua atuação como militante LGBTQIA+, não apenas enriqueceu a cena cultural de Lauro de Freitas e Salvador, mas deixou também um legado de inclusão e expressão artística. A demora em oficializar a mudança do nome do teatro, mesmo após sua morte e o reconhecimento de sua importância, pode ser vista como um desrespeito à sua memória e à importância de sua contribuição.

É fundamental que os processos burocráticos não ofusquem o propósito de tais homenagens. A mudança de nome do teatro não é apenas uma formalidade, mas um ato simbólico de reconhecimento e valorização de um indivíduo que dedicou sua vida à arte e à cultura, influenciando gerações. A lentidão neste processo é lamentável, pois retarda o devido reconhecimento que Duzinho Nery merece, e diminui a oportunidade de inspirar a atual e futuras gerações através de seu exemplo e legado.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui