DENGUE: O perigo está de volta

0
853
dicas para eliminar mosquito da dengue

115 municípios baianos recebem doses da vacina contra a dengue

O Ministério da Saúde informou que 16 estados e o Distrito Federal têm municípios que preenchem os requisitos para o início de vacinação contra a dengue, a partir deste mês. Em meio à alta de infecção, o imunizante será aplicado em duas doses, em 521 municípios de regiões endêmicas do país. Na Bahia, 115 municípios receberão as doses, entre eles Salvador, Lauro de Freitas e Camaçari. A faixa etária a ser vacinada é de crianças e adolescentes entre 10 e 14 anos, com duas doses em intervalo de 90 dias. A escolha da faixa etária se deu em decorrência do maior número de hospitalizações. O grupo dos idosos, também bastante atingido, não teve a vacina liberada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Em janeiro, o ministério registrou um aumento expressivo do número de casos, em relação ao mesmo período de 2023. “Vamos sentir o efeito da vacina para daqui a dois anos. O manejo diário tem que continuar”, disse Helvécio Miranda Magalhães Júnior, secretário de Atenção Especializada à Saúde, referindo-se a cuidados como o controle do vetor, o mosquito Aedes Aegypti, e a eliminação dos criadouros nos domicílios.

aumento no numero de casos de dengue gera preocupacao

Membros do Ministério da Saúde avaliam que a situação da dengue é preocupante, porque, atualmente, quatro sorotipos estão circulando no país ao mesmo tempo.

Geralmente a pessoa não percebe que foi infectada ou apresenta apenas manifestações leves, tanto que cerca de 70% nem chegam a procurar tratamento. Mas, em geral, a dengue clássica costuma causar: febre (geralmente alta, de 39 °C a 40 ºC, que começa de repente), dor de cabeça, dor atrás dos olhos (retro-orbitária), fotofobia (sensibilidade à luz), cansaço forte (astenia), dor muscular (mialgia), dor articular (artralgia). Também podem surgir manchas vermelhas na pele (exantema), com ou sem coceira, perda de apetite, náuseas e vômitos, diarreia.

A primeira manifestação da dengue clássica é a febre de início abrupto, que dura de dois a sete dias, associada a dores e fadiga. Manchas ou erupções na pele são observadas em 50% dos casos, e, com frequência, só depois que a febre desaparece. O cansaço também pode se estender um pouco. A maioria das pessoas se recupera após três ou quatro dias de febre, mas alguns casos (de 1% a 5%, segundo diferentes pesquisas) podem evoluir para a dengue grave, por isso é bom ficar atento. Nesses pacientes, é comum o quadro se agravar após melhora da febre.

Os sinais de alerta para a dengue grave são dor abdominal intensa e contínua, vômitos persistentes, aumento do volume do fígado (hepatomegalia), diminuição excessiva da temperatura (hipotermia), manifestações hemorrágicas (como sangramento na gengiva, presença de sangue nas fezes ou pontos vermelhos na pele, chamados petéquias), sonolência ou irritabilidade, diminuição da frequência urinária, desconforto para respirar, queda da pressão arterial, tontura ou desmaio.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui