Espetáculo teatral de Lauro de Freitas representará a Bahia em Festival Internacional em Minas Gerais

0
175
teatro de lauro de freitas se apresenta em minas gerais

O espetáculo teatral que vem encantando a garotada por onde passa, “A Menina Que Roubava Lixo”, será o único representante da Bahia na 12ª edição do Festival Internacional de Teatro de Ubá, em Minas Gerais. O processo de seleção contou com 123 inscritos de todo o país, e agora, os 20 selecionados no Brasil e três apresentações da África, compõem a programação que acontece de 23 a 31 de março, na cidade mineira.

Prestigiada por mais de 12 mil espectadores, a peça laurofreitense lançada em 2015, traz em seu tema central a preocupação com o meio ambiente. Este ano o texto está passando por um processo de requalificação, adequando-se às leis e campanhas que giram no entorno das questões ambientais, mais propriamente dos resíduos sólidos. 

No seu enredo, fantasia e ciência se misturam para contar a história de Luna, uma menina-boneca que, quando reaproveitada e restaurada por um catador de latas, ganha vida e se torna animada, mas não consegue entender o motivo de tanto lixo espalhado pelas ruas da cidade.

“Uma mistura de surrealismo e responsabilidade ambiental, já que a plateia verá florestas, bruxas, bonecos, árvores, bichos, personagens instigantes e muita música. Esses são os ingredientes sensibilizadores que contagiam o público”, afirma Tobé Velloso, autor e diretor do espetáculo.

O diretor destaca ainda que este é o primeiro festival que o Polo de Atores e Dramaturgia de Lauro de Freitas participa fora do Estado.

“A responsabilidade aumenta devido à qualidade das montagens escolhidas pela curadoria do evento. Além disso, temos a oportunidade de mostrar o potencial de Lauro de Freitas, cidade que possui um dos metros quadrados mais culturais da Bahia”. 

O elenco de intérpretes é todo formado por ex-aprendizes das turmas de iniciação teatral do Polo de Atores e Dramaturgia. Naty Santos, a atriz protagonista do espetáculo, acredita que essa será uma grande oportunidade para ampliar o alcance dessa mensagem tão importante para as crianças.

“Minas Gerais é um dos estados com o maior poderio de grupos teatrais do país e iremos comunicar através da arte teatral, a temática do uso consciente dos resíduos sólidos. A intenção é, realmente, reverberar o alerta para a nossa permanência neste planeta. Não podemos deixar a arte de fora desta missão: despertar nas crianças que o habitat, protegido e vigiado, é um ambiente favorável à nossa sobrevivência”, acrescentou. 

Alesson Pires, Arthur Cellis, Ágatha Carvalho, Emília Dantas, Heverton Cavalcante, Ilana Melo e as crianças Cicinha Alcântara,11 anos, e Maria Elisa, 12 anos, completam o elenco da peça.

Para custear a ida para o festival, foram organizados uma Vakinha Eletrônica, rifas, livro de ouro e campanhas de arrecadação. “Estamos em busca do valor necessário para levar o espetáculo para Minas Gerais, tanto para o elenco quanto para o cenário, que é bastante caro”, desabafa Lilian Alcântara, coordenadora de arrecadação.

Antes da viagem, terá ainda uma apresentação no Cine-Teatro de Lauro de Freitas, também com objetivo de arrecadar fundos, no dia 17 de março, às 17h. Ingressos a partir de R$10,00.

Para mais informações: 71 99239-5272

APOIO: Vilas Magazine.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui