Lauro de Freitas recebe sua primeira feira literária

0
442
lauro de freitas recebe feira literaria

Novembro em Lauro de Freitas, começa guiado pela cultura: de 8 a 11, acontece a primeira edição da Feira Literária Inclusiva de Lauro de Freitas (Flilauro), realizada pela Academia de Letras e Artes de Lauro de Freitas (ALALF), em parceria com o Movimento de Luta das Pessoas com Deficiência e Idosas da cidade.

O tema escolhido para a feira, “Bicentenário do Dois de Julho – Lauro de Freitas Iluminada”, é em alusão à passagem, pela primeira vez, do fogo simbólico na cidade, um importante reconhecimento do papel dos filhos de Santo Amaro de Ipitanga na conquista da Independência da Bahia. A Flilauro presta também uma homenagem a José Alves Amaral, antigo morador de Lauro de Freitas e que participou das primeiras celebrações do Dois de Julho no estado. 

“Apesar de toda a efervescência do digital, onde muitos acreditavam que os livros não seriam mais impressos e publicados, presenciamos um importante movimento onde as principais cidades da Bahia realizam suas feiras literárias e Lauro de Freitas não poderia ficar de fora”, destaca o historiador Gildásio Freitas, dono da cadeira número 1 da ALALF.

O evento, gratuito e aberto ao público, conta com extensa programação cultural, como apresentações literárias e teatrais, lançamentos de livros, palestras, bate-papos com autores conhecidos nacionalmente, minicursos e oficinas. Para as crianças, uma programação especial, com contação de histórias, teatro de fantoches e brincadeiras diversas.

Josy Luz, presidente do Movimento de Luta das Pessoas com Deficiência e Idosas da cidade, reforça que um dos objetivos do evento é promover o acolhimento, trazendo para o debate temas relevantes pautados na inclusão, além de atender critérios de acessibilidade, com intérprete de libras e audiodescrição nas principais palestras e mesas literárias. “Quando trazemos o nome ‘inclusão’ desde a descrição da feira, buscamos mostrar para todas as pessoas, independente de credo, raça, sexo, com ou sem deficiências, que elas podem se apropriar desse momento, desse espaço, que também é delas”.

As atrações da Flilauro estão divididas em Arena Yayá, que contempla a programação adulto, e Flilaurinha, voltada para as crianças. As atividades acontecem em diferentes espaços, como a Praça da Matriz, Centro Comunitário de Ipitanga, Centro Estadual de Educação Profissional em Tecnologia, Informação e Comunicação (CEEPTIC), Uneb Campus 25, Cine Teatro de Lauro de Freitas e Parque Shopping Bahia.

A programação conta ainda com Praça dos Cordéis, montada diariamente na Praça Matriz; mostra estudantil de artes, com a participação de escolas locais; Casa das Editoras, com a Livraria Lucem, LDM e quatro editoras de Lauro de Freitas; exposições fixas no cine teatro; além de serviços de beleza, com “Spa das Mãos e Esmaltação”, e um Balcão do Banco de Oportunidades, com divulgação de cursos e vagas de emprego, em parceria com o Senac.

“É um importante momento de valorização da literatura baiana, onde conseguimos colocar em evidência também os autores e editoras de Lauro de Freitas”, concluiu Gildásio.

A programação completa, inclusive com os dias e horários das oficinas e apresentações culturais, está disponível no Instagram @flilauro

PROGRAMAÇÃO FLILAURO 2023: 1ª Feira Literária Inclusiva de Lauro de Freitas

05/11 – Domingo

15h – Parque Shopping Bahia – Livraria LUCEM

Pré Lançamento: Encontro geral com novos Escritores | Coordenação: Alessandra Dultra | Mediação: Marcio Wesley | Participação especial da Academia de música Banderman.

08/11 – Quarta-feira 

06h – Praça Matriz

Alvorada de fogos 

09h30 – Cineteatro

Apresentação do grupo de capoeira e Mesa literária em Homenagem ao Bicentenário Dois de Julho e ao escritor José Alves Amaral com os palestrantes Fabio Batista Pereira, Coriolano Oliveira e José Nilton Carvalho Pereira | Mediação: Lourival Trindade Filho.

15h – Cineteatro

Atividade cultural com o Coral Neojibá e Mesa Literária “Os desafios da Academia de Letras no mundo contemporâneo” com os palestrantes: Benjamin Batista, Presidente da Academia de Cultura da Bahia e Josy Luz, Presidente da Academia de Letras e Artes de Lauro de Freitas | Mediação: Marivaldo Paixão e Janeide Borges.  

18h – CEEPTIC

Abertura oficial: Composição da Mesa, Hino Nacional em libras, Apresentação da Dança Inclusiva “Simplesmente amor” | Palestra: Relação entre a expansão da consciência do ser humano e a importância da Literatura com Maribel Barreto | Peça teatral: “O Livro e a Inclusão”, com Polo de atores | Samba de Rodas com as bejuzeiras de Areia Branca.

09/11 – Quinta-feira

09h – Cineteatro

Atração cultural com o poeta Yan Samuel e Mesa Literária: “A inclusão das Pessoas superdotadas e com altas habilidades nas escolas públicas e privadas, com as palestrantes: Patrícia Schneider e Celina Bezerra | Mediação: Cristina Santos.

10h – Cineteatro

Palestra: Projeto Lilá com Maria do Socorro | Mediação: Dulce Sampaio

10h – Praça Matriz

Lançamentos coletivos de autores independentes: “Jogando com o Oponente”, Mila Maia | “Na Calada da Noite”, José Sergio | “Pelos Olhos da Câmera”, Laís Barbosa.

11h – Praça Matriz

Lançamentos coletivos de autores independentes: “Amizade Eterna”, Emerson Monteiro | “Sombras Ocultas”, Pedro Pinto | Negra Winie, poetisa de resistência de Lauro de Freitas.

14h – Cineteatro

Mesa Literária ‘Com a palavra a autora’: “Tudo Nela é de se amar”, livro de Luciene Nascimento – prefácio de Lazaro Ramos | Mediação: Ana Cecília Ferreira

15h30 – Cineteatro

Apresentação cultural e Bate Papo com Mestres de Cultura | Mediação: Coriolano Oliveira.

18h30 – Cineteatro

Lançamento de livro: “Nossa Pele”, de Ana Cecília Ferreira | Mediação: Carolina Dantas – editora Pinaúna.

10/11 – Sexta-feira

09h30 – Praça Matriz 

Apresentação cultural do Grupo Maria Felipa e Mesa Literária: A História de Maria Felipa, com as palestrantes: Valdívia Lopes e Hilda Clarinda das Virgens | Mediação: Ápio Vinagre

10h – Praça Matriz

Poesia com Onildo Sitônio e mesa literária “Xirê Pedagógico”, com Érica Capinam e Tifany Odara | Mediação: Fernanda Aragão

10h – Praça Matriz

Lançamentos coletivos de autores independentes: “O Galo Valentão”, Ester Ferreira | “Reflexões e Ensinamentos”, Everaldo Silva | “Antologia dois de julho – 200 anos”, Sandra Jesus | “Podes tudo Mulher”, Maraia Vieira.

11h – Praça Matriz

Lançamentos coletivos de autores independentes: “Nova Era”, Paloma Brito | “Recordações”, Jaimiro Nery.

14h – Praça Matriz

Mesa literária “De Joanes a Ipitanga”, com Diego Copque | Mediação: Fernando Borba e Gildásio Freitas. 

15h – Praça Matriz

Lançamento do livro “Nos passos de José – A História de um bailarino incomum”.

Lançamento do livro “O que me disse o Vento”, de Agne Araújo. 

15h30 – Praça Matriz

Literatura Indígena com Débora Fontes e o cacique Juvenal e Cacique Paruanã | Mediação: Aloísio Alcântara. 

17h – Praça Matriz

Palestra: “Bem – Luz que irradia e propaga”, com Daisy Jardim |Mediação: Dulce Sampaio.

18h – Praça Matriz

Apresentação do Movimento cultural Arte Poesia

19h30 – Praça Matriz

Apresentação da Orquestra do Colégio Olavina

11/11 – Sábado

09h30 – Praça Matriz

O feminino tecendo versos, pela editora Rumas. Autoras: Shayana Busson, Juanita Sacks e Raquel Souza

10h30 – Praça Matriz

Expansão feminina através da arte, com Verônica Múcuna e Carla Brito | Mediação: Ana Cecília

14h – Praça Matriz

Grupo Afro Bankoma e Mesa Literária – Fala Juventude (diálogos literários com estudantes da rede de ensino) com Jussara Cerqueira, Roberto Matheus Passos Ribeiro | Mediação: Isaias da Silva de Santana e Jéssica

14h – Praça Matriz

Lançamento do livro Estados Unidos da África, com Anderson Shons e Daniel Cesart.

17h – Praça Matriz

Como pode muito a voz de uma mulher, com Jovina Souza – Escritora de diversas obras, especialista em estudos literários pela UFBA e Anajara Tavares – Escritora de Unguento – Ed. Segundo Selo | Mediação: Silvana Carvalho.

19h – Praça da Matriz 

Apresentação da Orquestra do Colégio Olavina

19h30 – Praça da Matriz 

Encerramento – Culto Ecumênico , com participação especial da Academia de música Banderman

E mais…

– Extensão da Flilaurinha, com contações de histórias e atividades para a criançada, dias 9 e 10, a partir das 14h no Parque Shopping Bahia;

– Praça dos cordéis, coordenada por Gildásio Freitas, Onildo Sitônio e Aloísio Lisboa, de 8 a 11, na Praça da Matriz;

– Casa da Editoras: espaço de exposição e venda de livros. De 8 a 11, no Centro Comunitário de Ipitanga. 

– Espaço dos Parceiros: Serviços de beleza com “Spa das mãos e Esmaltação” e Balcão do Banco de Oportunidades, dias 9 e 10, de 8h às 12h, na Praça da Matriz

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui