Mohamed Aziz: a história inspiradora do livreiro de Rabat

0
221
mohamed aziz a historia inspiradora do livreiro de rabat

Em um canto da antiga Medina de Rabat, a capital de Marrocos, encontra-se um tesouro literário guardado por um homem cuja paixão pela leitura transcende o tempo e as adversidades. Mohamed Aziz, um livreiro de 72 anos, tornou-se uma lenda viva não apenas por sua longevidade no negócio, mas também pela dedicação incansável à disseminação do conhecimento e da cultura.

Nascido em 1948, a vida de Mohamed Aziz foi marcada por desafios desde cedo. Órfão aos seis anos, ele enfrentou a falta de recursos que poderiam ter interrompido seus sonhos educacionais. Determinado a estudar, tentou ser pescador para custear seus estudos no ensino médio. No entanto, aos quinze anos, viu-se obrigado a abandonar a escola devido à impossibilidade de arcar com o custo dos livros didáticos. 

Frustrado, mas não derrotado, Mohamed Aziz decidiu transformar sua adversidade em oportunidade. Em 1963, abriu uma modesta livraria de livros usados na Medina de Rabat. Sua loja, inicialmente composta por livros dispostos em um tapete no chão sob a sombra de uma árvore, cresceu ao longo das décadas, tornando-se um ponto de referência para os amantes da leitura na cidade.

O compromisso de Mohamed Aziz com os livros é exemplar. Ele passa de 6 a 8 horas por dia imerso em leituras, tendo devorado mais de 5000 livros em francês, árabe e inglês ao longo de sua vida. Sua filosofia simples sobre a segurança de seus livros, mesmo mantendo-os fora da loja onde poderiam ser roubados, reflete sua crença na educação e no respeito mútuo entre as pessoas.

Apesar dos desafios e da jornada difícil que enfrentou, Mohamed Aziz mantém-se firme em seu propósito. Seus dias de trabalho são longos, durando até 12 horas, mas ele encontra felicidade em suas leituras, em seu pequeno espaço de contemplação com duas almofadas e um livro. Para ele, o conhecimento é uma fonte inesgotável de alegria e satisfação.

Ao longo dos anos, a livraria de Mohamed Aziz tornou-se um ponto de interesse para turistas e amantes da cultura, que visitam não apenas para comprar livros, mas também para ouvir suas histórias, receber conselhos literários e capturar um vislumbre do espírito apaixonado que ele incorpora.

Mohamed Aziz não é apenas um livreiro, mas um símbolo de resiliência, determinação e amor pelo conhecimento. Sua história inspiradora ecoa além das paredes de sua livraria, lembrando-nos da importância da educação, da paixão pela leitura e da capacidade humana de superar obstáculos em busca de nossos sonhos.

Evan do Carmo, escritor, poeta, jornalista, músico e compositor brasileiro.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui