Negociação com escolas pode garantir descontos nas mensalidades de 2023

0
1074
Foto freepik
Foto: Freepik

Faltando pouco mais de um mês para terminar o ano, é chegada a hora de sentar e planejar os primeiros meses de 2023, especialmente para quem tem filhos em idade escolar. Com o combo nada agradável de alta da inflação e queda do poder aquisitivo, fechar o orçamento familiar no vermelho está cada vez mais complicado, mas é possível amenizar o impacto através de uma boa negociação e antecipação de pagamentos.

Essa tem sido uma estratégia adotada por escolas particulares em todo o país, e em Lauro de Freitas não é diferente. As instituições oferecem desconto para a confirmação da matrícula ainda neste mês de novembro, parcelamento do valor total e até a fidelização através do congelamento dos valores de 2022.

Jackson Alan Lima, diretor executivo da Rede EduCarpe, frisa que o bom relacionamento com as famílias é uma preocupação durante todo ano e buscar soluções financeiras faz parte desse processo. Para a renovação da matrícula de 2023, as escolas Carpe Diem, inclusive a unidade de Vilas do Atlântico, oferecem o congelamento da mensalidade, no caso de antecipação, parcelamento do valor da matrícula e campanhas de incentivo para a manutenção da adimplência.

“Levamos em consideração o custo benefício e entregamos o melhor em educação por um preço justo. Além disso, oferecemos programa de bolsas e planos especiais para famílias e para grupos, de forma a tornar o valor acessível. No caso da antecipação da matrícula, por exemplo, a economia média por estudante é de 5% a 10%”, destacou.

Os valores das mensalidades nas escolas particulares de Lauro de Freitas variam muito, levando em consideração desde a série da criança e se ela permanecerá no período integral na instituição, à estrutura e bônus oferecidos, como práticas esportivas, cursos de idiomas, aulas multimídias e outros.

Pesquisando pelo Educa Mais Brasil (programa de inclusão educacional, que há mais de 15 anos firma parceria com instituições de ensino particulares de todo o país, para o oferecimento de bolsas de até 70%, promovendo o acesso de estudantes à educação de qualidade), para o 1º ano do fundamental, por exemplo, as mensalidades vão de R$ 150,00 até R$ 1.000,00 por aluno.

Com tanta concorrência, as estratégias para fidelização dos estudantes também mudam. O Colégio Apoio, em Vilas do Atlântico, inicia em 2023 o plano de mensalidades decrescentes, onde famílias com dois filhos não pagarão as mensalidades de novembro e dezembro, o que é, também, um incentivo à rematrícula. Como pré-requisito a instituição exige apenas a adimplência continuada. 

“Preparamos um planejamento para 2023, com várias opções de desconto nas mensalidades, principalmente para quem se matricular até 5 de novembro, tendo direito inclusive aos mesmos valores praticados em janeiro de 2022. Vale destacar que hoje a instituição consegue garantir educação de qualidade com mensalidades menores, se comparado a outras instituições, por possuir prédio próprio e pelo investimento de implantação de placas de energia solar em todo o colégio, o que nos gerou uma economia média mensal superior a R$ 30 mil. Economia essa que agora repassamos também aos nossos estudantes”, pontuou o professor José Nilton, diretor do Colégio Apoio.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui