Política ambiental: Nosso próximo desafio

0
65
politico da bahia lula maciel

Os sistemas de esgotamento sanitário e a macrodrenagem apontam para um novo paradigma para as questões ambientais de Lauro de Freitas, embora a situação requeira uma avaliação mais aprofundada. Os prejuízos ambientais causados pela utilização de fossas e resíduos lançados in natura em corpos hídricos estão com os dias contados em Lauro de Freitas.

Iniciado no segundo governo da prefeita Moema Gramacho, o sistema de esgotamento sanitário está em estado avançado de construção, e o de macrodrenagem em conclusão. Porém, uma grande cidade tende a ter grandes desafios constantemente e a nossa, não é diferente.

A destinação de resíduos da construção civil e domésticos carece de atenção especial e urge uma solução. Acúmulos em quase toda a cidade comprometem o meio ambiente, causando desconforto à população.

Uma política ambiental com transversalidade, ligando as regiões da cidade; a criação de parques ecológicos nas áreas remanescentes de Mata Atlântica; a recuperação e a preservação das poucas áreas restantes de restinga; o projeto que integre a nossa orla; são ações que certamente servirão de base para a política ambiental vindoura.

Temos uma orla exuberante em beleza e conforto. As praias de Ipitanga, Vilas do Atlântico e Buraquinho são ícones da geografia, da história e da cultura de Lauro de Freitas, e todas carecem de atenção especial, pois são patrimônio turístico, fonte de renda e espaço de lazer das comunidades, locais e de visitantes.

Seguiremos evoluindo.

Lula Maciel é ex-vereador e atual chefe de Gabinete da Prefeitura de Lauro de Freitas. É pré-candidato à prefeito nas eleições de 2024.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui