Por que nossos alunos aprendem tão pouco?

1
361
alunos com dificuldade em aprender

Eu vou responder. É uma boa pergunta para quem não entende como é o processo de aprendizagem humano. Nós, humanos, aprendemos o que nos interessa e, o pior: buscamos a maneira mais fácil. Portanto, não adianta pensar que basta se querer ensinar alguém, pois para ele aprender, é preciso querer.

A aprendizagem é um processo individual e temos dois caminhos: um natural e outro, não natural. O natural é aquele em que se aprende sozinho, na relação com a sociedade. Trata-se do que não é necessário ensinar, como andar, falar, se relacionar, as regras. Aprende-se vivendo e convivendo com as pessoas que nos rodeiam.

O não natural é aquele processo que demanda técnicas, que não se aprende sozinho, em que é necessário ensinar e exige um ambiente de aprendizagem. Dificilmente alguém aprende a ler, a escrever e a fazer contas sozinho.

Então, a escola é um local de respeitar regras, não de aprender as regras, pois é algo que se deve aprender naturalmente, por isso temos muitos conflitos com as regras nas escolas, todo o tempo a sociedade quer quebrar a regra. Temos um bom exemplo no Brasil, em alguns Estados, como Santa Catarina, existe a regra de se respeitar a faixa de pedestre e todos respeitam. Entretanto, é comum ver catarinenses desrespeitando fora de seu estado de origem.

Em nosso país, os alunos aprendem pouco simplesmente porque não temos um ambiente de aprendizagem, pois chegamos na escola sem entender regras básicas, como: respeitar horário, respeitar os outros, cumprir com a obrigação, confundimos liberdade com autorização para fazer o que gostamos. A escola é uma instituição social e para garantir que haja ambiente de aprendizagem precisa ter regras claras e serem seguidas.

Por outro lado, temos uma infinidade de “especialistas” dando palpite nos assuntos da escolas, desde os pais dos alunos, até juízes e promotores. Nos assuntos relacionados à escola, todos têm opiniões, dizendo o que e como ela deve agir no processo de aprendizagem dos alunos, mas poucos ouvem as instituições ou quem as faz funcionar.

O resultado do baixo aprendizado está exatamente na falta de ambiente de aprendizagem, podemos afirmar que “ensinagem” temos bastante no Brasil, mas para aprender é preciso ter “educação” aquela que deveria vir de casa, que são os tais “valores”. A mudança só poderá ocorrer a partir do momento em que existir um maior respeito pelo papel verdadeiro da escola: ser um ambiente de aprendizagem, seja no processo natural da convivência da comunidade escolar, seja no processo não natural das capacidades e habilidades que as instituições oferecem.

Ademar Pereira Batista, diretor da Federação Nacional de Escolas Particulares (FENEP). divulgação

1 COMENTÁRIO

  1. Ao longo dos anos e, consequentemente, das gerações, estamos nos distanciando do conceito de educação. Muitos de nós confunde educação doméstica com educação acadêmica, empurrando as responsabilidades dos pais para os professores e para o Estado.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui